sexta-feira, 22 de março de 2013

Captação de Água de Chuva

CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA


Logo de cara vou publicar uma façanha ou uma atitude para tornar a vida "um pouco mais sustentável".
A instalação de coleta de água de chuva em casa.
Eu digo "um pouco mais sustentável" porque é um caminho a ser percorrido para equilibrar o interesse nos três pilares da Sustentabilidade (SACHS, 2008). Aos quais são:

- Ambientalmente correto;
- Socialmente justo;
- Economicamente viável.

Foto 1 - Caixa de 500 litros.

Bom... do ponto de vista "ambientalmente  correto, o uso da água de chuva será utilizado para:

- Rega do jardim;
- Limpeza do quintal;
- Limpeza de autos.

E outros fins que não seja para consumo, banho, descarga e lavagem de roupas e talheres.


1 - ESTIMATIVA PARA COLETA DE CHUVA.

Fatores a ponderar na estimativa:

- Área de coleta de chuva;
- O volume da caixa d´agua;
- Pluviosidade da região.

Atualmente, em São Paulo, está chovendo a média do dia de 10 - 20mm (Pode variar para mais ou menos). Se quiser pode construir um Pluviômetro para calcular o volume do dia. Clique aqui para construir um modelo.

O telhado de casa possui 28m2 e, em média/dia chove 10 - 20mm, obtenho de 280 a 560 litros de água de chuva.

Segue a seguinte linha de raciocínio:


Vac = At x Pd
Vac = m2 x mm = m2 x L / m2 = m2 x L / m2

Logo,
Vac=L

Vac = Volume coletado da água de chuva
At = Área do telhado e demais áreas
Pd = Água Pluvial (em milímetros)
m2 = Metro Quadrado - Unidade de Área
mm = Milímetro - Unidade Pluviométrica ( 1mm = 1 L/m2).
L = Litro – Unidade volumétrica

Fontes: http://www.sempresustentavel.com.br/hidrica/aguadechuva/agua-de-chuva.htm
            http://www.sociedadedosol.org.br/agua/projetos.htm


Aplicando ao caso, com uma chuva do dia de 10 mm:

Vac = At x Pd
Vac = 28m2 x 10mm = 28m2 x 10L / m2 = 28m2 x 10L / m2

Logo,
Vac=280L


2 - RESÍDUOS PROVENIENTES NA COLETA

O ar e o telhado pode conter partículas e resíduos que são arrastados pela chuva e prejudicar  significativamente a qualidade da água. Solução que pode ser resolvida com sistema de descarte.

Bom, tem uma ideia muito interessante que aprendi em um curso no IPEMA (Instituto de Permacultura e Ecovilas da Mata Atlântica) e que provavelmente foi difundido por toda a rede de Permacultura. Não possuo a fonte ou o nome do autor do projeto de descarte.

Descartando os primeiros minutos da chuva, que carrega muita sujeira do telhado com um sistema simples de vazão. Fotografado abaixo.
Foto. 2 - Sistema de vazão, anterior a caixa.

Foto 3 - Válvula para retirar a sujeira.

Esquema 1
As fotos 2 e 3 demonstram o local da instalação do sistema para descarte dos primeiros minutos. E o esquema 1 demonstra que a medida que a coluna enche a uma bolinha de borracha sobe e irá vedar a entrada da água, devido as reduções instaladas após o "T". Após o período de chuva, é preciso abrir a válvula e esvaziar a coluna que contem a sujeira proveniente do telhado.

Interessante destacar que, quando a caixa estiver cheia, é recomendado deixar aberto a válvula para as próximas chuvas não carregarem sujeira para o reservatório.

Foto 4 - Encanamento após o sistema de descarte.
No encaixe do cano à tampa da caixa, colocamos uma saia feita de câmara de pneu de moto (Foto 5).

Foto 5 - Vedação com "saia" de borracha.
Esta "saia" (Fig 5) é para evitar a entrada de mosquito e resíduos no reservatório.

Foto 6 - Telhado da residência

Do ponto de vista "Socialmente Justo", a família entrou em um acordo mútuo que beneficiará todos. Pois agradará aos que querem regar as plantas, limpar o quintal sem medo de aumentar o valor da conta de água.
Este acordo demandou pelo menos 4 anos de conversas e discussão e conscientização. Muito tempo não é? Mas foi o tempo necessário para todos perceberem o benefício mútuo.

Do ponto de vista "Economicamente Viável", o retorno do investimento foi estimado em dois anos.
Observamos que utilizamos para rega, lavagem de quintal, autos e demais atividades 0,5m3 de água.

É cobrado pela Distribuidora, atualmente, R$ 1,594/m3 até 10m3, pelo serviço.
Em média por dia, utilizamos 30 litros para rega, ou 10950L no ano, ou ainda 10,95m3/ano.

Ou seja, economia de aproximadamente R$17 reais/ano, somente para rega.

Para o cálculo de retorno de investimento ser viável, devo acrescentar o custo de lavagem do quintal, do carro e demais itens, uso para descarga, além da rega.

E para diminuir ainda mais o custo no uso da água, podemos utilizar:


  • Máquina compressora, popularmente chamada de "VAP";
  • Pistolas automáticas mangueira;
  • Verificar as conexões e válvulas do prédio ou da casa;
Além de utilizar a consciência para uma boa administração e gestão do uso da água em casa.

Espero ter contribuído com minha experiência para com a sociedade.

No próximo artigo, vou falar um pouco com o que trabalho... Recuperação de Áreas Degradadas.

Abraços

PP

Dimas